Prefeitura trabalhando....

 Notícias
Começou Quinta-feira (12) a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza

Começa nesta Quinta-feira dia 12 a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza em Pires do Rio.
A expectativa é que 1,5 milhão de pessoas sejam imunizadas em Goiás e que possamos atingir o objetivo máximo em Pires do Rio.
A cidade de Pires do Rio conta com um Centro de Saúde local onde acontecera a vacinação e as doses serão aplicadas dentro de um cronograma para os grupos considerados prioritários. Os primeiros a receber as doses são os trabalhadores da saúde (veja datas abaixo).
As doses da vacina são destinadas a pessoas a partir de 60 anos, crianças de seis meses de idade até quatro anos, trabalhadores de saúde, professores das redes pública e privada, indígenas, grávidas, puérperas - mulheres até 45 dias após o parto - portadores de doenças crônicas mediante prescrição médica, detentos, adolescentes e jovens internados em medidas socioeducativas, além de funcionários do sistema prisional.

Confira aqui o ponto de vacinação em Pires do Rio.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a vacinação acontece das 8 às 17.

Trabalhadores e profissionais da saúde 
poderão se vacinar entre os dias 13 e 20 de abril, apresentando documento que comprove vínculo ou categoria profissional. 
No Dia “D” da vacinação contra a Influenza, em 12 de maio, todas as pessoas dos grupos de risco poderão procurar um dos postos para se imunizar.

Cronograma de aplicação da vacina em Pires do Rio.

13 a 20 de abril – trabalhadores da saúde, idosos e portadores de doenças crônicas. 23 a 27 de abril – gestantes, puérperas e crianças (de 06 meses a menores de 05 anos). 30 de abril a 11 de maio – Professores. Dia "D" 12 de maio e dia 14 de maio, todos os grupos prioritários da campanha.
A população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional: será agendado com cada instituição dentro do período de campanha.

A vacina protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no último ano no Hemisfério Sul, de acordo com determinação da Organização Mundial de Saúde (OMS): A/H1N1; A/H3N2 e influenza B.

Conforme dados do Ministério da Saúde, a vacina contra gripe reduz as complicações dos casos graves da doença. Além disto, de acordo com o órgão, a vacinação pode reduzir entre 32% a 45% o número de pessoas internadas com pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações em virtu…

Os que aparecem no grupo de doentes crônicos deveram apresentar atestado médico.

Aqueles que não pertenceram aos grupos de risco citados não serão vacinados na rede pública. Se quiserem se imunizar, devem procurar unidades de saúde particulares. Nesses locais, a dose varia de R$ 130 a R$ 170.
Confira a tabela postada nesta matéria e veja em qual grupo você se encaixa, veja também quais são as doenças crônicas.